A principal conclusão é que existe o baixo comprometimento das lideranças com a estrutura de Compliance em suas instituições de saúde

5
Jul
2017

Os principais resultados da pesquisa sobre Compliance no setor de saúde

Por: Marketing CBEXs

Diante do momento de profunda reflexão vivido pelo Brasil, com relação à gestão corporativa, consciência moral e atuação ética, a Anahp – Associação Nacional de Hospitais Privados, promoveu a discussão sobre o tema no setor da saúde e estabeleceu em 2016 o seu Comitê Estratégico de Compliance. Composto por integrantes dos hospitais associados, ele tem o objetivo de propor estratégias, políticas, normas e procedimentos voltados à difusão e adoção da cultura de Compliance no âmbito corporativo e clínico das instituições de saúde.

Pesquisa aplicada entre abril e maio de 2016 e realizada entre os associados à Anahp para a edição de 2017 do Observatório Anahp, publicação anual que reúne os principais indicadores do SINHA e Melhores Práticas Assistenciais, revelou que apenas 43% dos hospitais possuem ou estão trabalhando na implementação do mapa de risco, que deveria guiar o planejamento estratégico e as ações de Compliance das instituições.

Resultados da pesquisa sobre Compliance no setor de saúde

As 28 questões de múltipla escolha da pesquisa foram subdivididas nos sete eixos estratégicos: estrutura de Compliance; código de conduta, políticas e procedimentos; mapa de risco; monitoramento e auditoria contínua; programa de comunicação e treinamento; canal de denúncias e resposta adequada.

O resultado geral demonstrou que apesar de mais de 60% dos hospitais possuírem estruturas de Compliance já em prática ou em fase de implementação, código de conduta, políticas e procedimentos estabelecidos ou em construção, há poucas ações focadas no treinamento e comunicação adequada dessas iniciativas nas instituições. Conclui-se então  que existe o baixo comprometimento das lideranças com a estrutura de Compliance em suas instituições.

Após o resultado da pesquisa, o Comitê percebeu a necessidade de desenvolver um manual orientativo com os elementos básicos e fundamentais para o estabelecimento de um programa de ética e Compliance nas organizações. Denominado “Manual do Programa de Compliance Anahp”, ele foi lançado em novembro de 2016, durante o 4° Conahp – Congresso Nacional de Hospitais Privados.

 

Um novo desafio

Após identificar que o mapa de risco setorial não era comum entre os hospitais que participaram da pesquisa, o Comitê Estratégico de Compliance trabalhou em parceria com a consultoria de riscos da Deloitte, no desenvolvimento de um mapa do setor hospitalar com o objetivo de conscientizar as lideranças dos hospitais membros sobre a importância dessa ferramenta de gestão e estimular esta prática entre os associados Anahp.

Em março, durante o 15° Encontro de Líderes Anahp, foi aplicada uma dinâmica para identificar a percepção das suas lideranças em relação aos principais riscos do setor. Ela propôs a reflexão dos eventos que os segmento hospitalar está exposto, trazendo os principais riscos presentes nas instituições. O mapa de riscos avaliados pelos dirigentes pode ser visualizado abaixo.

Cada instituição possui o seu mapa de riscos, pois o modelo apresentado é customizado à realidade de cada uma, alinhado à sua estratégia e valor. O objetivo de avaliar os riscos e entendê-los com graduação de impacto e vulnerabilidade é a prioridade das ações, pois na medida em que os riscos são conhecidos, as instituições podem decidir por evitar ou aceitar.

Ao apresentar um mapa de riscos inicial do segmento, o Comitê Estratégico de Compliance, além de buscar alinhamento de conceitos, tem o objetivo de auxiliar os associados no encaminhamento de ações alinhadas às melhores práticas de controle, que minimizem o grau de exposição. No momento, as discussões prioritárias entre as instituições membros da Anahp são:

  1. Conduta Antiética/fraude
  2. Reputação e Imagem
  3. Segurança do Paciente
  4. Controle de Infecção Hospitalar
  5. Acesso e Confidencialidade
  6. Continuidade de Negócio e Disponibilidade
  7. Trabalhista
  8. Ambiental
  9. Efluentes e emissões atmosféricas

 

O que vem pela frente

Os participantes da iniciativa levarão ao longo de 2017 as discussões sobre os principais riscos do setor hospitalar para avaliação das equipes internas das instituições. Por meio dos resultados das pesquisas e da percepção dos hospitais membros da Anahp sobre os riscos do setor, o Comitê prestará suporte aos associados com cartilhas explicativas dos temas prioritários, além de propor melhores práticas e formas de controles para a minimização dos riscos, contribuindo assim para melhorias no setor de saúde.

A versão na íntegra da edição de 2017 do Observatório Anahp já está disponível para download.

Como forma de preparar as novas autoridades em Compliance do mercado de saúde, o CBEXs lançou o programa de Certificação em Healthcare Compliance Lato Sensu. Confira todas as informações aqui.