Confira um resumo geral de tudo o que aconteceu no Fórum Inovação Saúde 2018

21
Nov
2018

Os principais destaques do Fórum Inovação Saúde 2018

Por: Marketing CBEXs

A segunda edição do Fórum Inovação Saúde, evento realizado pelo Chapter Rio de Janeiro do CBEXs reuniu 400 participantes, entre gestores, inovadores e entusiastas do mercado da saúde, no último dia 12 de novembro, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Com o tema “O Diálogo na Saúde – Dilemas, Paradoxos e Desafios”, o encontro buscou compartilhar tendências, conceitos e conhecimentos que contribuam para a transformação e modernização do setor. Foi um dia dinâmico que proporcionou mais de 10 horas de conteúdo, com rica troca de experiências por meio da presença de mais de 30 palestrantes, debatedores e moderadores nacionais de internacionais.

Para iniciar a programação, Francisco Balestrin, Presidente do Conselho de Administração do CBEXs e Josier Vilar, Presidente do Fórum Inovação Saúde foram os executivos responsáveis pela abertura do evento e pela transmissão das mensagens de boas-vindas aos presentes.

Na sequência a primeira conferência sobre “Uma ética permanente para o diálogo” trouxe Marco Lucchesi, Presidente da Academia Brasileira de Letras e os comentários da professora Heloisa Leite, Professora do Coppead UFRJ para reforçar a importância da troca de informações de forma ética na saúde.

Já a segunda conferência sobre “O complexo econômico-industrial da saúde – uma oportunidade para o Rio de Janeiro, um desafio nacional” reuniu Carlos A. Grabois Gadelha, Pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com os comentários do Embaixador Eduardo Prisco, Chefe do Itamaraty – RJ, com destaque para a fala de Carlos sobre a saúde ser a frente do desenvolvimento econômico e industrial.

Após o primeiro coffee break na parte da manhã, aconteceu o painel “É possível existir um sistema de saúde sustentável?”, que contou com as apresentações da Ligia Bahia, Professora do IESC, UFRJ e Januário Mantone,, Sócio-Gerente-Geral da Monitor Saúde com a moderação de Gonzalo Vecina, Ex-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ary Ribeiro, Vice-Presidente da Anahp (Associação Nacional dos Hospitais Privados), com exemplificações sobre como ter uma saúde mais sustentável para toda a cadeia.

Logo na sequência foi dado início ao Talk Show que trouxe a temática “Inovando na gestão da saúde” e contou com quatro apresentações. A primeira delas foi sobre “A internet das coisas em medicina e a importância do Blockchain e do Big Data – o que temos e o que teremos em breve”, com a presença de Patricia Ellen, Presidente da Optum no Brasil. Logo depois foi a vez de Sidney Klajner, Presidente do Hospital Israelita Albert Einsten falar sobre “Organização integrada de serviços de saúde – compatibilizando resultados econômicos e de desfechos clínicos”.

Dando sequência às apresentações do talk show, Jorge Matos, Presidente do ETALENT fez uma apresentação sobre “Ferramenta de avaliação comportamental para profissionais de saúde”. E Renata Aranha, Confudandora da Entropia finalizou a sequência de exposições do talk show sobre “A importância de um compartilhamento seguro da informação na saúde”. Logo depois, houve um rico debate moderado por  Alfredo Cardoso, Diretor Executivo da Gama Saúde e Martha Oliveira, CEO da Anahp (Associação Nacional dos Hospitais).

Alguns dos destaques do talk show foram ideias como: a tecnologia é promover uma saúde mais humana por um diálogo mais confiável e transparente. Também se reforçou que existe uma maior preocupação com o ROI do que com o ROEC (Retorno sobre a experiência de quem usa o sistema) e as novas tecnologias chegam para aprimorar essas deficiências.

Após o intervalo do almoço aconteceram quatro conferências, sendo que a primeira delas trouxe a temática “Como chegamos até aqui: Os caminhos, as conquistas e as dificuldades do sistema de saúde brasileiro”, com a presença de Luiz Antonio Santini, Consultor Internacional de Políticas de Câncer e os comentários de Remilson Rehem, Presidente do Ibross. Em resumo, os dilemas da saúde são os mesmos, mas todos estão mais conscientes para o diálogo.

A segunda conferência envolveu o assunto “A experiência do relacionamento público-privado no sistema de saúde português” trouxe a ótima apresentação de Oscar Gaspar, Presidente Executivo da Associação Portuguesa dos Hospitais Privados e os comentários, Josier Vilar, Presidente do IBKL e Sócio Diretor da Pronep com um debate sobre os ensinamentos da experiência portuguesa na saúde.

A terceira conferência abordou “A Experiência da Catalunha na Gestão da Saúde” por meio da apresentação de Manel Jovells Cases, Diretor Geral da Fundação Althaia e ex-presidente da União Catalã de Hospitais e nos comentários, Solange Beatriz, Presidente da Fenasaúde e José Ricardo Agliardi Silveira, Diretor do Grupo Hospitalar Conceição. Uma das questões levantadas neste momento foi a institucionalização da qualidade da saúde catalã como forma de melhorar resultados.

E para finalizar a sequência de conferências, o último tema abordado foi “A importância da construção de uma relação de confiança entre o público e o privado – um desafio de todos nós”, com Claudio Lottenberg e os comentários de Francisco Balestrin, Presidente do IHF. Em resumo do que foi discutido, o desafio ainda é grande para a busca por um diálogo e a melhora do relacionamento entre todos os públicos da cadeia da saúde.

Após o último intervalo para integração dos participantes aconteceu o Prêmio Edson de Godoy Bueno de Inovação em Saúde 2018 – Desafio de Startups, que reuniu as cinco startups pré-selecionadas por suas contribuições inovadoras para o setor de saúde, em uma homenagem ao executivo que dá nome ao prêmio. São elas: Brava, Hypersense, Predict Vision ViBe VivaBem e Z LIFECARE.

A primeira colocada no Prêmio Edson de Godoy Bueno de Inovação 2018 – Desafio das Startups foi a empresa Predict Vision, pelas suas relevantes e inovadoras iniciativas para a área da saúde por meio do desenvolvimento de ferramentas de Inteligência Artificial para automatização de processos e maior foco no paciente.

O que achou da segunda edição do Fórum Inovação Saúde?

Esperamos você na edição de 2019. 😊