Gestão de Relacionamentos, Habilidades de Comunicação e Engajamento por Paulo Fraccaro

29
Abr
2019

Gestão de Relacionamentos, Habilidades de Comunicação e Engajamento

Por: Marketing CBEXs

Sempre penso que, além de átomos, somos feitos de história.

Provavelmente um jovem, engajado neste mundo de tecnologia, ao se preparar para o tema acima, falará sobre inúmeras vantagens de como o celular poderá ser usado e não terá nenhuma dúvida que esse equipamento é o melhor caminho para se conectar, comunicar, engajando pessoas por meio do WhatsApp.
Entretanto, com toda a minha experiência de vida pessoal e empresarial, considero que o ser humano, mesmo com toda a tecnologia já presente e que continua chegando com uma velocidade avalassadora, sempre será a parte insubstituível e a mais importante para desenvolver, utilizar e administrar a gestão de relacionamento, as habilidades de comunicação e o engajamento.

Então, para o tema proposto, eu penso que o mais correto será acrescentar a palavra humanização antes do título deste artigo, ou seja, o título deve ser “Humanização nos relacionamentos, nas habilidades de COMUNICAÇÃO e no engajamento”.
Ótimo. Agora me sinto mais tranquilo para continuar a escrita, pois, colocando o lado humano junto às tecnologias existentes, tudo fará mais sentido e terá mais lógica. E assim este aprendizado diário necessário para um bom relacionamento nunca terminará, porque, como sempre digo: a vida é a melhor escola do mundo, desde que estejamos participando dela, com o pensamento de um estudante.

Nem todos nasceram para exercer um importante papel de liderança neste mundo. Mas, em todas as nossas atividades, sempre precisamos escolher alternativas e caminhos; essa necessária tomada de decisão nos deixa na função de líder, mesmo que não seja o nosso principal propósito. Então cabe-nos entender quais ferramentas poderão nos ajudar nesse papel, mesmo pequeno, de liderança.
A vida mostrou-me, e continua mostrando, que, para ser líder e ter seu time totalmente engajado nos objetivos propostos, uma das primeiras lições é ter uma gestão perfeita no relacionamento e na comunicação.

É fácil?
Não, pois não temos o hábito de
Ouvir, ouvindo
Olhar, enxergando
Pensar, sentindo
Planejar, vivendo

Essas simples palavras, quando praticadas, trarão um sentido mais humano ao relacionamento e com certeza facilitarão muito sua liderança em projetos ou objetivos sob sua responsabilidade. Aliás, facilitarão também seu relacionamento pessoal com as pessoas que lhe são queridas.

Por outro lado, independentemente dos tipos de pessoas, ou dos tipos de colaboradores que você tem em sua equipe, todos, se bem liderados, ajudarão a atingir os objetivos que lhe foram dados. Porém nem sempre você terá condições de manter uma participação aberta com toda a equipe; em certas decisões, você terá de tê-las na solidão que o seu cargo, às vezes, requer.

A maturidade da equipe poderá trazer muitas ou poucas perguntas no seu dia a dia de trabalho. Poderão ser perguntas fáceis ou perguntas difíceis. Tenho usado muito uma ferramenta, que funciona da seguinte forma: devolvo a pergunta e escuto com a atenção a resposta dada. Somente depois disso interfiro corrigindo ou concordando com a resposta, pois considero que assim estou colaborando para o desenvolvimento da equipe. Dessa forma você passará a conhecer melhor seu time de trabalho, podendo propor correções e treinamentos àqueles que mais necessitarem.

E, finalmente, posso dizer com toda certeza do mundo que só o seu celular não conseguirá proporcionar a GESTÃO de relacionamento de que você precisa, fornecer as habilidades de COMUNICACAO importantes no seu dia a dia e manter seu time engajado nos propósitos da sua empresa.

Só você será capaz disso tudo!
Desejo a você que tenha muito sucesso.

*Artigo feito por Paulo Fraccaro, Fellow do CBEXs