Sobre o Programa

A Certificação CBEXs Medportal em Healthcare E-Leadership (Lato Sensu) é um programa de educação profissional inovador, voltado aqueles que lideram e desenvolvem pessoas na área da Saúde e que desejam impactar os resultados de suas organizações, entregando maior valor a partir do uso racional e eficiente de tecnologias digitais.

O conceito de Healthcare E-leadership neste programa abrange a ideia do protagonismo e influência do líder no uso estratégico dos ativos digitais da organização para o alcance dos objetivos do negócio, com ênfase nos processos de liderança, incorporação de tecnologias digitais e desenvolvimento de pessoas no contexto corporativo. Para isso, a liderança digital é desafiada a desenvolver novas habilidades e competências que a permitam reagir rapidamente às mudanças impostas pelo ambiente externo, bem como as novas necessidades do cliente no mundo atual, tomando decisões corretas com confiança e conhecimento.

Nesse sentido, torna-se mandatório ao líder dominar a linguagem do mundo da tecnologia da informação e comunicação, da internet, das inovações e startups, entendendo e conhecendo como extrair e aplicar o melhor uso destas ferramentas tecnológicas no cotidiano da instituição, visando a melhor performance das pessoas e alinhamento estratégico ao negócio. A liderança digital efetiva, portanto,  tem a capacidade de conduzir e dirigir times heterogêneos, multiprofissionais, multigeracionais e questionadores às práticas obsoletas até alcançar a transição desejada, na qual levará a sua organização a diferenciar-se no mercado, obter e manter vantagens competitivas importantes no mundo atual, a partir da construção de uma cultura digital relevante, com maior eficiência no trabalho e na comunicação e com o desenvolvimento da destreza digital dos colaboradores.

A relevância do mundo digital nos dias de hoje realmente tomou proporções nunca antes vistas, o que coloca em posição de destaque os profissionais e organizações que desenvolveram as capacidades digitais para liderar as transformações necessárias. Poderíamos citar exemplos da indústria automotiva, das transações financeiras ou mesmo da genômica, no entanto, propositalmente, escolhemos um exemplo da área da educação: somente nos Estados Unidos, em 2020, o mercado de cursos online alcançou a marca de 200 Bilhões de Dólares, com expectativa crescente de atingir em 2026 o valor de 375 Bilhões de Dólares americanos.

Ao mesmo tempo, pesquisa da consultoria Deloitte em parceria com o MIT (Massachussets Institute of Technology) com mais de 1000 CEOs oriundos de 131 países, de setores variados da indústria e de empresas de tamanhos diversos, aponta que 90% deles já acreditam que seus negócios sofrerão disrupção ou serão reinventados por modelos digitais e 70% acreditam que não possuem as corretas habilidades, liderança ou estrutura de operação para adaptarem-se às transformações. Uma posição desafiadora tanto para os executivos quanto para as organizações.

No Brasil seguimos esta mesma inevitável tendência, com um movimento importante de consolidação e expansão deste segmento digital, inclusive com companhias de educação e saúde abrindo capital em bolsa (nacional e americana) para maior visibilidade e captação dos recursos necessários aos projetos. Movimento concomitante, as organizações de saúde que buscam a excelência assistencial, também direcionam seus esforços e investimentos para aprimorar e ampliar os processos de aprendizagem corporativa.

O desenvolvimento de maturidade digital, a partir das capacidades digitais de suas lideranças e colaboradores, passa a ser, portanto, um ponto chave nesta trajetória de mudança, tendo como principal veículo a estratégia de educação digital e a disseminação de informações e conhecimento direcionado e em larga escala para alcance de resultados.

Por isso, o maior objetivo do programa é inserir os líderes das organizações de saúde no novo contexto digital, através do desenvolvimento de habilidades e competências transformadoras em tecnologia, educação e liderança, na direção da destreza digital. Sendo assim, eles serão capazes de conduzir e fomentar o aprendizado contínuo, autônomo e entre pares, integrando o digital ao presencial e estimulando a utilização eficiente da tecnologia. Para isso, o programa irá privilegiar a troca de experiências, numa abordagem inclusiva e inovadora para maior geração de valor agregado em cada um dos encontros.

Um dos grandes diferenciais do Programa é dar subsídio para o desenvolvimento da prática de think tank pelos seus participantes, contribuindo não apenas para aprimorar a visão crítico-analítica e capacidade executiva, mas igualmente para fomentar a geração de valor à sociedade, na forma de discussão de casos, de estudos inéditos e de propostas de abordagem digital aos principais desafios da Educação Corporativa e do desenvolvimento de pessoas.

No ano de 2021, primeira edição do programa, inscreveram-se no Healthcare E-Leadership trinta líderes de organizações de saúde, presentes em 9 diferentes estados do Brasil, sendo que: 56% eram mulheres, 50% C level, 50% médicos, 23% enfermeiros e 70% dos participantes encontravam-se na faixa etária de 30 à 50 anos.

Close up of Doctor is showing medical analytics data, Medical technology concept
Medicine doctor and stethoscope touching icon heart and diagnostics analysis medical on modern virtual screen interface network connection. Medical technology diagnostics of heart  concept

PÚBLICO ALVO

Para quem é esse certificado

A Certificação é voltada à líderes que atuam direta ou indiretamente no desenvolvimento de pessoas, tecnologia, gestão ou educação corporativa de instituições do setor da Saúde, tais como:

  • hospitais e prestadores de serviços de saúde que desejam desenvolver as lideranças de níveis superior e intermediário para eficiência, colaboração e gestão de times para a alta performance;
  • organizações que atuam diretamente na educação em saúde, com ferramentas digitais e metodologias para aprendizagem (PBL e TBL);
  • indústrias farmacêutica, de produtos ou de equipamentos para saúde, além de agentes comerciais, operadoras de saúde, associações profissionais, dentre outros;
  • empresas que atuam no “negócio” Saúde e querem habilitar as áreas Comercial, Financeira, de Marketing e de Comunicação Corporativa para fortalecer o seu negócio. 

É recomendável que os candidatos tenham experiência relevante ou almejem liderar áreas relacionadas à Gestão Corporativa e seus correlatos, Educação Corporativa e afins, ou ainda áreas tecnológicas à luz do desenvolvimento de pessoas no setor de saúde.

CONTATO

Fale com a gente

Nos siga nas redes: