Veja como as competências e funções do Gestor da Saúde podem fazer a diferença no oferecimento de um serviço de excelência.

11
Jul
2018

As principais funções e competências de um Gestor Hospitalar

Por: Marketing CBEXs

Gerir uma instituição de Saúde não é uma tarefa simples e requer conhecimento e boas práticas de gestão.

O ambiente hospitalar é constituído por situações de pressão e estresse, que exigem uma boa resposta, e por isso, é necessário um profissional responsável pela análise de cada etapa dos trabalhos para ser possível oferecer um serviço de excelência.

Ter alguém que entenda das diversas áreas existentes dentro de um hospital é um grande diferencial, na busca pelo objetivo principal, que é a busca da qualidade da eficiência e da compatibilidade com a visão e a missão da instituição.

E a adoção de melhores práticas abrange todas as áreas dentro da instituição, não somente a diretoria. Por isso, é essencial que o gestor esteja muito próximo dos demais departamentos, de forma a repassar conhecimento e envolver a todos.

Além de assegurar a realização de todas as atividades da empresa, o Gestor Hospitalar também controla o cuidado aos pacientes, buscando oferecer tratamentos e atendimentos de acordo com as necessidades. Conheça algumas das principais funções deste profissional e as competências que ele precisa ter para cumpri-las.

 

Principais funções:

  • Determinar o número de especialistas, médicos, enfermeiros e demais profissionais, de acordo com as demandas da população;
  • Controlar a manutenção dos equipamentos;
  • Administrar o estoque de materiais, lidando com a compra deles;
  • Garantir a higiene e o correto descarte do lixo hospitalar;
  • Evitar falhas na comunicação;
  • Diminuir gastos e despesas, buscando reduzir os custos de produção;
  • Administrar situações de crise;
  • Determinar metodologias de trabalho e processos;
  • Acompanhar os dados do Serviço de Atendimento a Clientes (SAC) para propor melhorias baseadas nas críticas e reclamações feitas por pacientes;
  • Gerenciar os serviços oferecidos por meio de feedbacks de funcionários e trabalhar em melhorias;
  • Acompanhar o fluxo de processos recomendados por órgãos de acreditação hospitalar;
  • Estabelecer manutenções preventivas em equipamento e maquinários.

 

E as suas principais competências:

  • Visão estratégica – é preciso ter coerência e conhecimento dos processos, visão integral das partes e do todo para ser possível conduzir e alcançar todos os resultados do planejamento;
  • Habilidades Analíticas – estar apto a desenvolver a capacidade empreendedora, analítica e sistêmica através do planejamento integrado dos diferentes serviços com uso de tecnologias adequadas;
  • Capacidade de liderar e inspirar pessoas – o executivo deve conhecer as potencialidades de sua equipe e seus talentos, de modo que, por meio do seu conhecimento e suas competências, possa potencializar e melhor aproveitar as habilidades do grupo;
  • Criatividade e Comunicação – é preciso ser criativo, pois em determinados momentos os problemas não serão resolvidos de maneira convencional. E para isso, devem ser eficazes como oradores de maneira a expor os seus pontos de forma clara e transmitir mensagens escritas;
  • Gestão de Pessoas – hoje é essencial observar e empenhar na transformação e aproveitamento dos conhecimentos, habilidades e aptidões das pessoas para fazer se fazer uma boa gestão;
  • Conhecimento técnico da administração – aplicar seus conhecimentos administrativos para coordenar, chefiar ou supervisionar os diversos serviços de saúde em farmácias, clínicas, laboratórios, spas, consultórios médicos e hospitais;
  • Compromisso Social: é preciso ser ético e íntegro em relação aos seus valores e ter capacidade em difundir seu conhecimento aos demais colaboradores, praticando sempre o autodesenvolvimento e o desenvolvimento dos colaboradores.

Reconhecendo o ambiente desafiador e que está em constante evolução, o CBEXs| Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde possui o compromisso com a melhoria contínua dos gestores por meio de educação, capacitação técnico-científica e certificação dos executivos do setor público e privado.

Veja como o CBEXs desenvolve as lideranças especializadas na área da saúde. http://cbexs.com.br/